Visite meu novo blog totalmente dedicado ao Krautrock, divirta-se! Curta, comente, compartilhe!

Visit my new blog devoted entirely to Krautrock, enjoy, comment, share!

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Som Nosso de Cada Dia - Same




O Som Nosso de Cada Dia foi fundado em 1972 pelo multi-instrumentista Manito (ex-Incríveis), pelo baixista Pedrão Baldanza (ex-Novos Baianos) e pelo baterista Pedrinho (velho colaborador de Manito em seu projeto solo).
Estou postando o álbum homônimo e depois postarei o Snegs grande clássico do grupo.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Cálix - A Roda (2002)


O disco não é 100% progressivo (padrão britânico), mas é um disco de rock progressivo 100% nacional. Não há como não se deixar levar pelas melodias de Deserto, Looking Back e Lendas do Mar e também pelas flautas, violinos e violoncelos que preenchem o CD. Um disco perfeito para uma banda de músicos afiados e que sabem o que estão fazendo. Altamente recomendado e certamente entre os 5 melhores discos de rock nacional de 2002.

Renato Savassi: voz, flauta, violão de 6 e 12 cordas, bandolim e harmônio
Sânzio Brandão - guitarra, violão de 6 e 12 cordas e guitarra slide
André Godoy - bateria, percussão, caixa de biscoito e moringa
Marcelo Cioglia - baixo, baixo fretless e vocais
Rufino Silvério - piano, teclados, harmônio, piano de armário e vocais
músicos convidados: Orquestra de Câmara Sesiminas. Regência: MArco Antônio Maia Drummond

Músicas:
Deserto - 4:40
Prá não mais voltar - 3:14
Depois da guerra - 3:46
Homens-pedra - 3:40
Sey dom - 4:12
Looking Back - 4:42
Lenda do mar - 6:16
A Roda - 4:11
Fora do mundo - 3:15
Em pedaços - 3:39
Dois rios - 2:44
Acordei devagar - 6:17

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Jorge Mautner - Jorge Mautner (1974)


Jorge Mautner é uma figura quase mitologica no cenário musical carioca, tive a oportunidade de conversar com ele algumas(muitas) vezes na praia, durante anos frequentamos o mesmo espaço nas areias de ipanema, figuraça, meio maluco como todo gênio. As palavras abiaxo são do próprio Mautner.

A genialidade da direção musical de Gilberto Gil se destaca neste disco. Gravado no estúdio Havai, no Rio de Janeiro, constitui-se também no lançamento musical do jovem instrumentista Roberto de Carvalho, que tocou teclados. Outros grandes músicos tocaram: Tuty Moreno, Rodolfo Grani Jr., e sempre Nelson Jacobina. A capa é de Rogério Duarte, grande artista gráfico, autor do poster de "Deus e o Diabo na Terra do Sol" e das capas tropicalistas. Aliás, foi Rogério Duarte o primeiro tropicalista que eu conheci, em 1968, quando estive incógnito no Brasil, período durante o qual eu escrevi o argumento do primeiro filme de Neville d’Almeida, "Jardim de Guerra", que foi o filme mais censurado da época militar. O Ato Institucional número 5 abateu-se sobre a nação logo após a minha volta para os USA. Este disco tem músicas memoráveis como a segunda gravação do "Maracatu Atômico", que alcançara retumbante sucesso na voz de Gilberto Gil, "O Relógio Quebrou", na qual o relógio quebrado dobrado como uma omelete de Salvador Dali me serviu de inspiração. Foi nas apresentações ao vivo desta música que pela primeira vez inclui falas e diálogos humorísticos intercalados com a música, o que viria se tornar uma marca de meus shows. Em "Guzzy Muzzy" o doutor Arthur citado na letra é uma homenagem a Arthur de Melo Guimarães.

Jorge Mautner

1 - Guzzy muzzy(Jorge Mautner)
2 - Pipoca à meia-noite(Jorge Mautner)
3 - Cinco bombas atômicas(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
4 - Ginga de mandinga(Rodolfo Grani Júnior - Jorge Mautner)
5 - Rock da TV(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
6 - Samba dos animais(Jorge Mautner)
7 - Herói das estrelas(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
8 - Matemática do desejo(Jorge Mautner)
9 - Nababo ê(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
10 - O relógio quebrou(Jorge Mautner)
11 - Salto no escuro(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
12 - Maracatu atômico(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
13 - Um milhão de pequenos raios(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Denise Emmer - Canto Lunar (1983)


Denise Emmer Dias Gomes Gerhardt (Rio de Janeiro,mais conhecida como Denise Emmer, é uma poeta, compositora, cantora, violoncelista e escritora brasileira.

Filha dos escritores Janete Clair e Dias Gomes, tornou-se primeiramente conhecida por temas musicais compostos para personagens das telenovelas,tais como "Pelas muralhas da adolescência", Bandeira 2, e "Alouette", Pai Herói, "Companheiros",Sinhá Moça,entre outros, alcançando depois, reconhecimento pela sua vasta e premiada produção poética.

É violoncelista da Orquestra Rio Camerata.

Discografia:
* Alouette - Som Livre, 1980
* Pelos Caminhos da América - Tape Car, 1981
* Toda Cidade É um Pássaro - produção independente, 1982
* Canto Lunar - Som Livre, 1983
* Cantiga do Verso Avesso - produção independente, 1992
* Cinco Movimentos & Um Soneto - Leblon Record, 1994
* Mapa das Horas - Lumiar Discos, 2004