Visite meu novo blog totalmente dedicado ao Krautrock, divirta-se! Curta, comente, compartilhe!

Visit my new blog devoted entirely to Krautrock, enjoy, comment, share!

sábado, 24 de outubro de 2009

Vitor Araújo - Ao vivo (2008)


O pianista Vitor Araújo, iniciou seus estudos aos nove anos de idade, no Conservatório Pernambucano de Música. Vitor Araújo é a mais nova aposta da música brasileira. Com apenas 19 anos ele estréia em grande estilo, com o DualDisc (um lado CD e outro DVD) "TOC - Ao vivo". O jovem pianista pernambucano já foi escalado para a edição deste ano do Festival Abril Pro Rock e vem sendo sondado para participar de outros importantes festivais brasileiros. Seu estilo musical é uma nova roupagem das obras de excelentes compositores como Villa-Lobos, Luiz Gonzaga e Chico Buarque. Aqui estamos disponibilizando apenas o áudio, para quem não conhece o trabalho do cara.

1. Dança do Índio Branco (Heitor Villa-Lobos)
2. Comptine D'un Autre Été (Yan Tiersen)
3. Samba e Amor (Chico Buarque)
4. Valsa pra Lua (Vitor Araújo)
5. Asa Branca (Luiz Gonzaga / Humberto Teixeira)
6. Sonatina para Piano (Edino Krieger)
7. Toc (Tom Zé)
8. Paranoid Android (Radiohead)
9. A Última Sessão (Vitor Araújo)

Site oficial

Disco

domingo, 18 de outubro de 2009

Sagrado Coração da Terra - same (1985) (Prog)


Aqui você encontra a relação completa dos integrantes do grupo ao longo de sua existência. Este disco foi um dos maiores lançamentos do progressivo nacional dos anos 80. Fundada pelo compositor e violinista Marcus Viana em 1979, logo após sua saída da então extinta Saecula Saeculorum. Marcus é um musico tremendamente sensível, arrojado e corajoso (porque fazer musica instrumental de altissima qualidade no Brasil requer coragem).
O primeiro do show do Sagrado que fui, era exatamente o do disco em questão, lembro de ficar muito impressionada com tudo, o clima do show me remeteu a shows na Europa, a sala Cecilia Meirelles estava esfumaçada o Marcus com um enorme sobretudo tocando violino, (cheguei com o show já começado, péssimo isso) aquele climão intenso de vamos viajar no ar! Bárbaro!!! Altamente recomendado! Este é sem a menor sombra de dúvidas o disco que mais gosto do Sagrado.

1- Asas
2- Lições da História
3- Arte do Sol
4- A Glória das Manhãs
5- Feliz
6- Deus Dançarino
7- Memória das Selvas
8- Corpo Veleiro
9- Sagrado
10- A Vida é Terna

http://www.4shared.com/file/72029746/4328f01b/Sagrado_same_by_contramaobrasilblogspotcom.html

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Sergio Benchimol (Discografia)


Indiscutivelmente um grande musico que tem um trabalho bastante consistente e todo ele para free download no site do musico...Enjoy!!

http://web.mac.com/sbenchimol/Sergio_Benchimol/Music.html

É só entrar na página e começar a festa, todos os álbuns com a banda Semente, sendo um ao vivo. Todos com a banda True Illusion, inclusive o álbum gravado ao vivo com Marcio Montarroyos.
Além do trabalho solo, imperdivel!!!

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Som Nosso de Cada Dia - Same




O Som Nosso de Cada Dia foi fundado em 1972 pelo multi-instrumentista Manito (ex-Incríveis), pelo baixista Pedrão Baldanza (ex-Novos Baianos) e pelo baterista Pedrinho (velho colaborador de Manito em seu projeto solo).
Estou postando o álbum homônimo e depois postarei o Snegs grande clássico do grupo.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Cálix - A Roda (2002)


O disco não é 100% progressivo (padrão britânico), mas é um disco de rock progressivo 100% nacional. Não há como não se deixar levar pelas melodias de Deserto, Looking Back e Lendas do Mar e também pelas flautas, violinos e violoncelos que preenchem o CD. Um disco perfeito para uma banda de músicos afiados e que sabem o que estão fazendo. Altamente recomendado e certamente entre os 5 melhores discos de rock nacional de 2002.

Renato Savassi: voz, flauta, violão de 6 e 12 cordas, bandolim e harmônio
Sânzio Brandão - guitarra, violão de 6 e 12 cordas e guitarra slide
André Godoy - bateria, percussão, caixa de biscoito e moringa
Marcelo Cioglia - baixo, baixo fretless e vocais
Rufino Silvério - piano, teclados, harmônio, piano de armário e vocais
músicos convidados: Orquestra de Câmara Sesiminas. Regência: MArco Antônio Maia Drummond

Músicas:
Deserto - 4:40
Prá não mais voltar - 3:14
Depois da guerra - 3:46
Homens-pedra - 3:40
Sey dom - 4:12
Looking Back - 4:42
Lenda do mar - 6:16
A Roda - 4:11
Fora do mundo - 3:15
Em pedaços - 3:39
Dois rios - 2:44
Acordei devagar - 6:17

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Jorge Mautner - Jorge Mautner (1974)


Jorge Mautner é uma figura quase mitologica no cenário musical carioca, tive a oportunidade de conversar com ele algumas(muitas) vezes na praia, durante anos frequentamos o mesmo espaço nas areias de ipanema, figuraça, meio maluco como todo gênio. As palavras abiaxo são do próprio Mautner.

A genialidade da direção musical de Gilberto Gil se destaca neste disco. Gravado no estúdio Havai, no Rio de Janeiro, constitui-se também no lançamento musical do jovem instrumentista Roberto de Carvalho, que tocou teclados. Outros grandes músicos tocaram: Tuty Moreno, Rodolfo Grani Jr., e sempre Nelson Jacobina. A capa é de Rogério Duarte, grande artista gráfico, autor do poster de "Deus e o Diabo na Terra do Sol" e das capas tropicalistas. Aliás, foi Rogério Duarte o primeiro tropicalista que eu conheci, em 1968, quando estive incógnito no Brasil, período durante o qual eu escrevi o argumento do primeiro filme de Neville d’Almeida, "Jardim de Guerra", que foi o filme mais censurado da época militar. O Ato Institucional número 5 abateu-se sobre a nação logo após a minha volta para os USA. Este disco tem músicas memoráveis como a segunda gravação do "Maracatu Atômico", que alcançara retumbante sucesso na voz de Gilberto Gil, "O Relógio Quebrou", na qual o relógio quebrado dobrado como uma omelete de Salvador Dali me serviu de inspiração. Foi nas apresentações ao vivo desta música que pela primeira vez inclui falas e diálogos humorísticos intercalados com a música, o que viria se tornar uma marca de meus shows. Em "Guzzy Muzzy" o doutor Arthur citado na letra é uma homenagem a Arthur de Melo Guimarães.

Jorge Mautner

1 - Guzzy muzzy(Jorge Mautner)
2 - Pipoca à meia-noite(Jorge Mautner)
3 - Cinco bombas atômicas(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
4 - Ginga de mandinga(Rodolfo Grani Júnior - Jorge Mautner)
5 - Rock da TV(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
6 - Samba dos animais(Jorge Mautner)
7 - Herói das estrelas(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
8 - Matemática do desejo(Jorge Mautner)
9 - Nababo ê(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
10 - O relógio quebrou(Jorge Mautner)
11 - Salto no escuro(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
12 - Maracatu atômico(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)
13 - Um milhão de pequenos raios(Nelson Jacobina - Jorge Mautner)

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Denise Emmer - Canto Lunar (1983)


Denise Emmer Dias Gomes Gerhardt (Rio de Janeiro,mais conhecida como Denise Emmer, é uma poeta, compositora, cantora, violoncelista e escritora brasileira.

Filha dos escritores Janete Clair e Dias Gomes, tornou-se primeiramente conhecida por temas musicais compostos para personagens das telenovelas,tais como "Pelas muralhas da adolescência", Bandeira 2, e "Alouette", Pai Herói, "Companheiros",Sinhá Moça,entre outros, alcançando depois, reconhecimento pela sua vasta e premiada produção poética.

É violoncelista da Orquestra Rio Camerata.

Discografia:
* Alouette - Som Livre, 1980
* Pelos Caminhos da América - Tape Car, 1981
* Toda Cidade É um Pássaro - produção independente, 1982
* Canto Lunar - Som Livre, 1983
* Cantiga do Verso Avesso - produção independente, 1992
* Cinco Movimentos & Um Soneto - Leblon Record, 1994
* Mapa das Horas - Lumiar Discos, 2004

terça-feira, 28 de abril de 2009

Sleepwalker Sun - same (2005)


Do site da gravadora: "O Sleepwalker Sun conta com forte influência do rock progressivo setentista e contemporâneo, demonstrando em seu auto-intitulado cd grande maturidade. Os talentosos músicos possuem larga experiência no cenário progressivo, e contam com uma versátil vocalista, que alterna passagens mais agressivas com outras suaves e angelicais. Neste lançamento temos o mais puro rock progressivo com participações especiais de Marcus Viana (Sagrado/Shaaman), André Mello (Tempus Fugit), Alex Martinho, entre outros grandes músicos do cenário. Outro destque vai para a embalagem de luxo com slipcase e belíssima arte do designer Gustavo Sazes (que tem em seu currículo bandas como TRIBUZY, ASHTAR, IMAGO MORTIS, FATES PROPHECY, VER´S OVER, etc etc)."

O que a RPB tem a complementar? Egressos da banda Revealing Web, Luiz e Giana juntaram-se a Francisco, Rodrigo e a uma penca de convidados de peso (Andre Mello, Marcus Viana, Ricardo Aguiar etc) e, de fato, lançaram este BELO trabalho, sem sombra de dúvida. O grupo segue uma tendência mundial no estilo: colocar o peso do Heavy Metal entre as músicas sinfônicas. A entrada de Marcus Viana nas músicas 1 e 6 (esta última, com piano, voz e violino, é de chorar de tão bonita e já entrou para a história do rock progressivo brasileiro) engrandece o trabalho do grupo. a vocalista é maravilhosa, idem o guitarrista, idem o baixista (ouçam a primeira música), bem como todo o grupo, que segue a linha do Ayreon, Ashtar (sem a veia celta e também bem menos pesado). Disparado entre os melhores nacionais do ano de 2005.

O grupo fica devendo um trabalho sem os apelos comerciais que assolaram o mercado em 2005. Experimentem também apenas a veia sinfônica (que timbres de mellotron maravilhosos, hein?) para ver o resultado! Se pretendem continuar nesta linha, parabéns da mesma forma pois estão no caminho certo! Belo trabalho gráfico, igualmente!

Minha opinião: Vale a pena conferir o disco que é bem legal.

Músicos:
Giana Araújo - voz
Luiz Alvim - teclados, voz e guitarra
Francisco Falcon - baixo e violão
Rodrigo Martinho - bateria

Músicos convidados:
Leandro Leg Furtado - guitarra,
Fabio Montserrat - guitarra,
Alex Martinho - guitarra,
Ricardo Marins - guitarra,
Marcus Viana - violino,
André Mello - teclados,
Fabio Guerrero - voz,
Ricardo Aguiar - coro

Músicas:
1. Blindfold 14:24
2. Bring’em 07:12
3. Sleepwalker Sun 07:51
4. Dead Flowers 08:12
5. Russian Roulette 08:02
6. Jalen’s Eyes 04:40
7. Nocturnal 09:57

sábado, 18 de abril de 2009

Cálix - Canções de Beurin (2000)


1-Dança com devas
2-Além do vento
3-No more whispers
4-Kian
5-Canções de Beurin
6-O Sonho
7-Novidades
8-Pra hoje um sol
9-Águas
10-Não se lembram do que são
11-Lanças
12-O Fortuna (Carmina Burana)

Renato Savassi - vocal, flauta, violão e bandolim.
Sânzio Brandão guitarra e violão.
Marcelo Cioglia - baixo e vocal.
Rufino Silvério - teclado e vocal.
André Godoy - bateria.

Senha: contramao

Leia a coluna Contramão no jornal Diário do Vale e saiba mais sobre a banda.
http://www.diarioon.com.br/arquivo/4080/lazer/lazer-11404.htm

http://www.calix.art.br/

quinta-feira, 12 de março de 2009

Tobruk - Ad Lib (1972)


Banda dos anos 70, usaram outros nomes, entre eles Light Reflections.

Formação:
Brian Anderson - slide guitar, lead vocals
Key Wilson - organ, piano, moog
Lois Gee Brahman - lead guitar, effects
Ronnie Wells - baixo e vocais
Billy Rogers - drums, backing vocals

Disco

Faixas:
01. I'm in Love With You
02. Theme from My Mind
03. Queens are Made
04. Hello Crazy People
05. Heart of a Sound Spirit
06. Ad Lib
07. Send It for Tomorrow

Senha se pedir: contramao

sexta-feira, 6 de março de 2009

Flora Purim - Butterfly Dreams



Cantora. Filha de um violinista russo e de uma pianista pernambucana. Irmã da também cantora Yana Purim. Começou a cantar e a tocar piano e violão ainda menina.

Discografia:
• Flora é MPM (1965) RCA Victor LP
Butterfly dreams (1973) Milestone LP
• 500 miles high at Montreux live (1975) Milestone LP
• Stories to tell (1974) Milestone LP
• Open your eyes you can fly (1976) Milestone LP
• That's what she said (1978) Milestone LP
• Encounter (1977) Milestone LP
• Nothing will be as it was... tomorrow (1977) Warner Brothers LP
• Everyday, everynight (1978) Warner Brothers LP
• Carry on (1979) Warner Brothers LP

Tracklisting:
Dr Jive (Part 1) (2:15)
Butterfly Dreams (7:03)
Dindi (3:37)
Summer Night (5:59)
Love Reborn (3:42)
Moon Beams (5:03)
Dr Jive (Part 2) (3:44)
Light As A Feather (5:57)

Credits:
Acoustic Guitar - David Amaro
Arranged By - Flora Purim (tracks: A3) , George Duke (tracks: B1) , Stanley Clarke (tracks: A1, A2, A4, B2 to B4)
Bass - Stanley Clarke
Bass [Electric] - Stanley Clarke
Clavinet - George Duke
Drums - Airto Moreira
Electric Piano - George Duke
Engineer - Jim Stern
Flute - Joe Henderson
Guitar [Electric] - David Amaro
Percussion - Airto Moreira
Piano - George Duke
Producer - Orrin Keepnews
Saxophone [Tenor] - Joe Henderson
Synthesizer - George Duke
Vocals - Flora Purim
Zither - Ernie Hood

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

AlexL - Triz (2004)


Alex Loureiro era integrante da mítica banda carioca Turangalila que ficou famosa por suas apresentações inovadoras e músicas experimentais (jnfluenciadas por Gentle Giant). Este trabalho, demorou "alguns anos" para ficar pronto. Seu nome de trabalho chegou a ser Tempus Fugit, mas por receio de confundir-se com a homônima banda carioca de rock progressivo, ele preferiu mudar.

O CD é um trabalho muito bem elaborado, onde Alex toca quase todos os instrumentos, além de ser conceitual. As letras (todas de Alex) abordam o tema TEMPO e as músicas (algums instrumentais) passeiam pelo rock progressivo, MPB e clássico. Alex deu muita importância à produção deste trabalho. A capa (por Bernard), a parte multímidia (com 4 idiomas - português, inglês, espanhol e esperanto, vários projetos de capas, 3 faixas extras, entre outros), os arranjos vocais (a lá Gentle Giant) as composições (algumas lembrando bastante o rock progressivo brasileiro dos anos setenta, como A Barca do Sol, por exemplo).

Músicos
Alexl - Samplers, bateria sequenciada, teclados, E-Bow, voz, triângulo, glockenspiel, violão, violão de aço, bandolim, guitarra, baixo, violão de nylon, flauta doce, coro, letras e arranjos

Músicos convidados:
Gabriel Gagliano - piano, Marcos Nogueira - piano
André Santos - violino
Henrique Ludgero - caixa e pratos de ataque
Toninho Mota - guitarra
Artur Andrés - flautas
Marco Assumpção - voz
Guilherme Schnabl, Lôis Lancaster e Maurício Rizzo - coro
Débora Garcia - locução
Penélope - voz

Músicas
Todo o tempo do mundo 2:46
Trancado por dentro 6:29
Limites 6:15
Por enquanto 3:45
Círculos 7:57
Vozes...vozes... 6:51
Porém.. quanto? 3:41
Nós 6:58
Relatividade 4:49
Passatempo 3:21
A prece 6:57
Enfim... 0:07

Site oficial

http://www.4shared.com/file/72031545/21717490/Triz_by_contramaobrasilblogspotcom.html

sábado, 31 de janeiro de 2009

Arnaldo Baptista - Lóki? (1974)


Quem não conhece este genial "Mutante", Arnaldo Baptista, neste álbum, que é o seu primeiro trabalho solo e também considerado um dos melhores álbuns de rock dos anos 70 feito no Brasil, toda sua criatividade transborda, muito bom o álbum! Recomendo!

1. "Será Que Eu Vou Virar Bolor?" (Baptista)
2. "Uma Pessoa Só" (Baptista/Dias/Liminha/Leme; Creditado como "Mutantes")
3. "Não Estou Nem Aí" (Baptista)
4. "Vou Me Afundar Na Lingerie" (Baptista)
5. "Honky Tonky (Patrulha do Espaço)" (Baptista)
6. "Cê Tá Pensando Que Eu Sou Loki?" (Baptista)
7. "Desculpe" (Baptista)
8. "Navegar de Novo" (Baptista)
9. "Te Amo Podes Crer" (Baptista)
10. "É Fácil" (Baptista)

http://www.4shared.com/file/72027525/6f20a57a/Arnaldo_Loki_contramaobrasilblogspotcom.html

Senha: contramao

sábado, 10 de janeiro de 2009

Lummen - Ao Vivo no Rio Jazz Club (1999)


Lummen - Ao Vivo no Rio Jazz Club

Senha: contramao

Marco Aureh - vocal, flauta, violão e teclado
Andre Henriques - violino, bandolim, violão e backing vocal
Celso Schopen - guitarra
Fred Mendonça - baixo e backing vocal
Marcelo Ksesky - bateria

1 - Mansão - (Marco Aureh)
2 - Vulcão - (Marco Aureh)
3 - Destino Imáginário - (Marco Aureh)
4 - Tempo imóvel - (Marco Aureh/C. Ricardo)
5 - O bobo da corte - (Marco Aureh)
6 - Relembrando (Marco Aureh/A. Rodrigues)

infos

sábado, 3 de janeiro de 2009

Nosso Trio - Vento Bravo (2005)


Recebi este link com as informações abaixo do meu amigo Mestre Jedy, ele é batera e professor, dai o inicio do comentário com referencia a alunos. Normalmente eu não indico o DVD do Nosso Trio pra alunos iniciantes, por ter muita informação junta, mas muita mesmo, ele entupiram as músicas com tudo que elas tinham e não tinham direito. Bem, como tem muita informação, é bom que você dilua e saiba aproveitar o conteúdo. Já o CD, "Vento Bravo", eles estão mais comedidos, mas não tanto. Valeu Mestre Jedy!!

Grupo formado por Nelson Faria na guitarra, Ney Conceição no contrabaixo e Kiko Freitas na bateria, o trio nasceu da integração natural que se deu entre os três músicos, que durante as turnês as muitas de João Bosco, passaram a se apresentar em shows paralelos, aproveitando espaços na agenda de shows. A "química" do trio aconteceu imediatamente, revelando assim uma sonoridade original e impactante. São três virtuoses em seus instrumentos, recriando temas instrumentais de música brasileira, com talento, inventividade e bom gosto. Tudo na medida certa. Desde a primeira nota tocada, é fácil sentir como o trio está "afinado". Dinâmica, harmonia, técnica e improvisos bem dosados. Esta é a formula que o trio usa para encantar a platéia.

Músicas:

1- O Barquinho (Roberto Menescal / Ronaldo Bôscoli) (4'41")
2- Brooklyn High (Partido Alto) (Nelson Faria) (4'54")
3- Baião Por acaso (Nelson Faria e Hamleto Stamato) (5'22")
4- Balada P'a Nadia (Victor Assis Brasil) (7'13")
5- Vento Bravo (Edu Lobo / Paulo César Pinheiro) (5'55")
6- Resposta (Ney Conceição) (3'43")
7- Fala Negão (Ney Conceição) (4'53")
8- Lagoa Santa (N. Faria, N. Conceição e K. Freitas) (2'41")

Músicos:

_ Nelson Faria - guitarra,
_ Ney Conceição - baixo, e
_ Kiko Freitas (o doido) - bateria.

Vento Bravo

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Os Mutantes - Tudo Foi Feito Pelo Sol (1974)


Clássico do Progressivo Brasileiro. Este é o sexto álbum do grupo que contava apenas com Sérgio Dias da formação original do grupo. Aqui, a banda já está totalmente no Rock Progressivo, com belos solos de guitarras, teclados viajantes, letras surreais e mais toda a virtuosidade e genialidade de Sérgio Dias! Link e comentários do Ivan Mesquita.

Altamente recomendado!

Tudo foi feito pelo sol

01- Deixe Entrar Um Pouco D'Água No Quintal (5:04)
02- Pitágoras (6:55)
03- Desanuviar (8:08)
04- Eu Só Penso Em Te Ajudar (4:55)
05- Cidadão Da Terra (5:51)
06- O Contrário Do Nada É Nada (2:55)
07- Tudo Foi Feito Pelo Sol (8:43)

Sérgio Dias - Violão, Sitar, Danelectro Sitar, Vento e Vocal
Túlio Mourão - Piano, Órgão Hammond, Mini Moog e Vocal
Antonio Pedro De Medeiros (Liminha) - Baixo e Vocal
Rui Motta - Bateria, Percussâo e Vocal